RECEBA APOSTILAS GRATUITAS:

GOOGLE - BRASIL

Início » » Placenta e Pré-eclâmpsia

Placenta e Pré-eclâmpsia

Fonte: FAMEMA.

A restrição ao fluxo placentário provavelmente se deve ao estreitamento dos vasos deciduais, por uma lesão especifica chamada "aterose". Na gravidez normal, as artérias espiraladas (ramos da artéria uterina) são invadidas pelo trofoblasto, o qual destrói a musculatura, transformando-as em um conduto praticamente sem resistência. Este processo se completa em torno da 20a-22a semana de gestação. Alguns autores admitem que uma falha neste sequência de eventos, com posterior defeito da conformação estrutural da placenta, contribui criticamente na etiologia e/ou na amplificação das repercussões fetais da pré-eclâmpsia.


Mande suas sugestões, dúvidas ou reclamações, clicando AQUI.
Obrigado!!!



OBSERVAÇÃO IMPORTANTE:

O ENFERMAGEM VIRTUAL segue a Lei 9.610/98 que trata dos direitos autorais no Brasil. Não vendemos e não compartilhamos material protegido por lei. Apenas direcionamos nosso público aos links já existentes de outros sites, encontrados nos mecanismos de busca da web, sendo os mesmos responsáveis por seus conteúdos. As imagens contidas neste site estão disponíveis publicamente na web, sendo aqui incorporadas apenas para fins ilustrativos. Caso algum autor de determinado arquivo sentir-se prejudicado, favor entrar em contato para que seja realizada a retirada da sua imagem ou do link que direciona ao seu material. E você amigo leitor, caso tenha interesse pelo conteúdo original, dê créditos ao autor e ajude a melhorar a educação em nosso país.